Sábado, 01 Dezembro 2018 21:21

Flamengo vence o Madureira na prorrogação e conquista o Campeonato Estadual Sub-7

Escrito por
Avalie este item
(2 votos)

Em jogo emocionante, Rubro-Negro supera o Madura e fatura a taça

 

O Campeonato Estadual Sub-7 teve o seu capítulo final no início da tarde deste sábado, 1º de dezembro, na Vila Olímpica de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Dono da melhor campanha da competição, o Flamengo suou para vencer o Madureira no tempo-extra e conquistou a Taça José Abranches e, de quebra, título o geral. No tempo regulamentar, as equipes empataram por 3 a 3.

Após eliminar o Fluminense na semifinal, o Flamengo foi à quadra e abriu a contagem aos três minutos, com gol marcado por Bernardo. O Madureira não se abalou e quase empatou logo depois, quando Carlos chutou e o goleiro Arthur defendeu. E foi justamente o camisa 4 que empatou a partida, aos seis minutos.

Porém, logo na saída, o Rubro-Negro reassumiu a frente do placar com o gol de Matheus Martins. Por outro lado, mais uma vez o Tricolor Suburbano não quis ficar na desvantagem e foi atrás do segundo gol, algo que ocorreu aos oito. Em contragolpe, Renan recebeu de Gabriel Victor e arriscou para furar o bloqueio adversário: 2 a 2.

O Flamengo iniciou melhor o segundo período e foi para cima do Madura. Com 45 segundos, Bernardo arriscou de próximo da linha lateral e acertou o ângulo direito do gol: 3 a 2. A vantagem poderia ter aumentado minutos depois, novamente o com o camisa 11. Bernardo recebeu bola invertida por Daniel e mandou cruzado, levando perigo.

O Madureira ia aos poucos se reorganizando e assustou os rivais através do camisa 10 Gabriel Victor, que foi acionado pela esquerda, avançou e mandou rente a trave. Aos sete, porém, não teve jeito: a bola entrou. Em chute de média distância, Renan acertou o alvo e levou o jogo para a prorrogação: 3 a 3.

No tempo extra, o Flamengo liquidou a fatura na primeira parte. Aos 23 segundos, o setor defensivo se atrapalhou e a bola sobrou livre para Miguel tocar para o fundo da rede. No minuto seguinte, em saída errada, Davi recuperou, avançou e bateu no forte no canto direito e deu número finais ao confronto, selando o título rubro-negro.

Assessoria de imprensa

Ler 655 vezes Última modificação em Sábado, 01 Dezembro 2018 21:30

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.