Image is not available
Série Prata conhece seus classificados às quartas de final
Image is not available
Mackenzie prepara homenagens para Ariquernan no próximo final de semana
Image is not available
Arbitragem do Rio de Janeiro participa da final da Taça Brasil Sub-20 pelo segundo ano seguido
Image is not available
Madureira estreia na Taça Brasil Sub-20 no final de semana em BH
Image is not available
Três líderes diferentes em três categorias no Campeonato Carioca - Série Bronze
Slider

Rede Social

15-06-1909:37
14-06-1918:16
14-06-1918:16
13-06-1919:11
13-06-1919:08

REGRA 04 - EQUIPAMENTO DOS JOGADORES


1-   SEGURANÇA


Os jogadores não podem utilizar nenhum equipamento ou objeto que seja perigoso a eles ou aos demais jogadores, inclusive qualquer tipo de joias.


2-   EQUIPAMENTO BÁSICO


O equipamento básico de um jogador compõe-se do seguinte:


a)   Camisa de manga curta ou manga longa – caso o jogador utilize camisas longas por baixo da camisa de mangas curta, estas deverão ser da cor predominante das mangas da camisa. O capitão da cada equipe   deve   usar   uma   braçadeira   em   um   dos   braços   para identificação.


b)   Calção curto – se utilizarem short térmico deve ser da mesma cor predominante do calção. O goleiro poderá usar calça de agasalho sem zíper.


c)   Meiões – Se utilizarem fitas adesivas ou material similar na parte externa, esta deverá ser da mesma cor dos meiões.


d)   Caneleiras – deverão estar completamente cobertas pelos meiões e confeccionadas em material apropriado que ofereça proteção ao jogador (borracha, plástico, poliuretano ou material similar).


e)   Tênis – confeccionado com lona, pelica ou couro macio, com solado e revestimento lateral de borracha ou material similar.


f)    Nas costas e na frente das camisas, serão numeradas podendo ser de 01 a 99. Os números das costas terão o tamanho de 15 (quinze) a


20 (vinte) centímetros de altura e os números da frente terão o tamanho de 08 (oito) a 10 (dez) centímetros de altura. Os calções


também   devem ser numerados em   uma das pernas.   Os jogos internacionais os números devem ser de 01 (um) a 15 (quinze), nas


camisas e nos calções.


g)   Somente permitir a troca de camisas dos jogadores, quando a camisa for danificada durante o transcorrer da partida. Os jogadores devem iniciar e terminar a partida com o mesmo número de camisa.


h)   Se um jogador perde acidentalmente seu tênis na disputa da bola e imediatamente após marca um gol, não existirá infração e o gol será válido. O jogo não deve ser paralisado para o jogador amarrar o cordão, exceto em categorias abaixo do Sub 13.


3-   CORES DOS UNIFORMES


a)   As duas equipes devem usar uniformes diferentes entre si e dos árbitros.


b)   Excepcionalmente o árbitro principal em caso de impossibilidade, pode permitir que as camisas dos goleiros sejam da mesma cor das camisas dos árbitros.


c)   As camisas dos goleiros da mesma equipe devem ser iguais e da mesma cor.


d)   Os   goleiros   devem   usar   as   camisas   de   cores   diferentes   dos jogadores de linha de sua equipe, da equipe adversária e dos goleiros adversários.


e)   Quando da utilização do goleiro linha, este deverá usar camisa igual e da mesma cor dos goleiros de sua equipe, mantendo-se a sua mesma numeração. de linha.


4-   INFRAÇÕES E SANÇÕES


Em caso de infração desta regra:


a)   Nem sempre será necessário interromper o jogo.


b)   Os árbitros determinarão ao jogador infrator que abandone a quadra de jogo para que ponha em ordem o equipamento reingressando na primeira vez que a bola esteja fora de jogo, exceto se o jogador já tenha colocado seu uniforme em ordem.


c)   Todo jogador que tiver que sair da quadra de jogo para colocar em ordem o seu equipamento, não poderá reingressar sem autorização dos árbitros ou do terceiro árbitro/anotador.


d)   Os   árbitros   ou   terceiro   árbitro/anotador   devem   conferir   se   o equipamento do jogador está em   ordem   antes de permitir que reingresse na quadra de jogo.


e)   Se o jogador não foi substituído, poderá reingressar na quadra de jogo quando a bola não estiver em jogo ou com a bola em jogo autorizado pelo terceiro árbitro/anotador.


Será aplicado cartão amarelo ao jogador que tenha sido obrigado a abandonar a quadra de jogo por infração a esta regra e que não havia sido substituído anteriormente, reingresse sem autorização dos árbitros ou terceiro árbitro/anotador.


5-   REINÍCIO DE JOGO


Se os árbitros interromperem para aplicar cartão ao infrator:


- O jogo será reiniciado através de um tiro livre indireto executado por um jogador da equipe adversária do local onde a bola se encontrava no momento da paralisação.


6-   PUBLICIDADE NOS EQUIPAMENTOS


Equipamento básico obrigatório


O equipamento básico obrigatório não deverá ter lemas, imagens ou mensagens políticas, religiosas ou pessoais. O organizador da competição ou da FIFA sancionará a equipe do jogador.


Roupas internas


Os jogadores não podem mostrar roupas internas com lemas, imagens, mensagens políticas, regionais e pessoais ou qualquer outra publicidade que não seja logotipo do fabricante.


O organizador da competição da FIFA sancionará os jogadores ou equipes que mostrem roupas internas.


7-   OUTROS EQUIPAMENTOS


a)   Os árbitros permitirão que os jogadores usem equipamento protetor moderno,   tal   como   protetor   de   cabeça,   máscaras   faciais, tornozeleiras por dentro dos meiõs, joelheiras e protetores de braço sendo os mesmos confeccionados em material estofado, macio, leve e que não levem perigo aos jogadores;


b)    Não   será   permitido   o   uso   de   qualquer   tipo   de   aparelho   de comunicação, para uso de qualquer membro da comissão técnica ou jogadores registrados em súmula, bem como nas proximidades dos bancos de reservas;


c)   Todos   os   itens   de   vestuário   ou   equipamento   devem   ser inspecionados pelos árbitros;


d)   Os membros da comissão técnica podem permanecer no banco de reservas usando bermudas desde que tenham uma identificação do clube (nome ou escudo) ou agasalhos, desde que sejam uniformes dos clubes.   Não   será permitido uso   de camisas sem   mangas, sandálias ou chinelos. Devem usar meias soquete visíveis. Os que não estiverem de acordo não poderão permanecer no banco de reservas até que providenciem o uniforme adequado;


e)   Os oficiais de arbitragem utilizarão camisas de manga curta ou longa, nas cores determinadas e aprovadas por sua entidade, bermudas, meiões e tênis preto. Usarão cores diferentes das equipes, em especial aos jogadores de linha;


f)    Os oficiais de arbitragem que usarem uniformes em desacordo com os previstos nesta regra, não podem usar os distintivos da FIFA e CBFS;


g)   Os oficiais de arbitragem usarão na camisa, à altura do peito e no lado esquerdo, o distintivo da entidade a que estiverem vinculados.


RECOMENDAÇÕES:


a)   Os   oficiais   de   arbitragem   devem   observar   se   as   camisas   dos jogadores possuem número na frente e nas costas;


b)   Não permitir que os goleiros titulares, goleiros reservas e goleiros linha, usem camisas da mesma cor das camisas dos jogadores de linha;


c)   É vedado ao jogador o uso de qualquer joia como piercing, brincos, pulseiras, cordões, colares, anéis ou alianças. Os jogadores devem retirar   antes   do   início   dos   jogos.   Não   é   permitido   cobrir   com esparadrapo ou similar. Não sendo obedecido em sua determinação, ordenará a expulsão do mesmo;


d)   Quando qualquer jogador entrar na função de goleiro linha, com colete ou camisa vazada, camisa da mesma cor ou semelhante à de sua equipe ou da equipe adversária, número diferente do que estava usando, os árbitros devem paralisar o jogo e advertir, com cartão amarelo, por estar indevidamente uniformizado, anulando qualquer vantagem obtida, por infringir a regra;


e)   Não deixar de conferir os equipamentos de todos os jogadores antes do   início   da   partida,   no   início   do   2º   período,   possíveis   tempos suplementares e durante toda a partida;


f)    Não permitir que os jogadores usem caneleiras que na interpretação do árbitro, não façam a devida proteção do jogador;


g)   Quando na comemoração de um gol, o jogador colocar a camisa na cabeça ou retirar do corpo, os árbitros devem adverti-lo com cartão amarelo;


h)   As camisas dos goleiros de uma equipe não podem ser da mesma cor das camisas dos goleiros adversários;


i)    Não será permitido o uso de camisas vazadas ou numerações feitas com esparadrapo ou qualquer outro tipo de fita adesiva.


j)     O jogador que não se apresentar devidamente equipado, contrariando as   exigências   desta   regra,   será   retirado   da   quadra   de   jogo, temporariamente, somente podendo retornar à disputa da partida com a autorização do árbitro e no momento em que a bola estiver fora do jogo e uma vez constatada a regularidade do equipamento. O jogador que tiver que deixar a quadra de jogo para corrigir o seu equipamento, deverá fazê-lo pela zona de substituição correspondente a sua equipe.


k)    Os   jogadores   não   podem   levantar   a   camisa   mostrando   slogans políticos, religiosos ou pessoais, declarações ou imagens, ou qualquer tipo   de   publicidade   que   não   seja   o logotipo   de fabricantes.   Os jogadores ou equipes que descumprirem essa determinação serão punidos pelo organizador da competição. Cabendo ao árbitro apenas orientar e relatar o fato.


l)    Se os árbitros tiverem que paralisar o jogo para punir o jogador que não esteja uniformizado, deve ser cobrado um tiro livre indireto contra sua equipe.


m) Se o jogador colocar na cabeça ou retirar a camisa mesmo tendo outra igual por baixo, deve ser punido da mesma forma;


n)   Nos calções, incluindo calças de goleiros, é obrigatório o uso de numeração, devendo ser a mesma das camisas;


o)   Os   jogadores   podem   se   apresentar   em   quadra,   alguns   usando camisas de mangas curtas e outros usando mangas longas;


q)   Somente permitir a troca do número de camisas dos jogadores quando a camisa for danificada durante o transcorrer da partida. Os jogadores devem iniciar e terminar a partida com o mesmo número de camisa;